Jovem catarinense morto na Cidade do Québec

Home Fórum Vivendo no Canadá Cotidiano Jovem catarinense morto na Cidade do Québec

  • Este tópico contém 6 respostas, 4 vozes e foi atualizado pela última vez 12 anos atrás por FCelso.
Visualizando 6 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #6865
      FCelso
      Participante

      Pessoal,

      A notícia é triste e desagradável. Após aproximadamente 1 mês na cidade, o jovem catarinense Rafael Caramori Goulart, de 26 anos foi encontrado morto na Cidade do Québec. O mesmo rapaz havia me contactado em 14 de janeiro desse ano, quando lhe passei informações sobre a cidade e o lugar onde eu havia morado por 1 ano. Ele também fez contato com alguns brasileiros. O que eu estranho é que não obtive notícia buscando nos informativos de Québec. Se alguém tiver alguma informação que indique o que aconteceu com o rapaz, fico agradecido.

      A informação o óbito foi encontrada no informativo Página 3 de 01/06/2010(buscando pelo nome do rapaz no Google)

      http://www.pagina3.com.br/cidade/2010/jun/1/1/obitu-rio-rafael-caramori-goulart

    • #39371
      PENNELOPE
      Participante

      Celso

      Que triste noticia. Tanta luta p/ realizar o sonho em terras geladas e terminar de forma tão precipitada…
      Gostaria tb de saber maiores infos, e acho ainda mais preocupante já q vc ñ achou nda na midia ai na cidade. Normalmente a midia ñ divulga em nenhuma parte casos de suicidio.
      Minhas condolencias a familia.

    • #39391
      Carlos_Santos
      Participante

      vou procurar mais informacoes, mas nao ando muito na frente da TV ou journais estes ultimos dias ….. trop de boulot!

    • #39478
      FCelso
      Participante

      Recebi essa semana notícias não-oficiais de que o rapaz pode ter sofrido um ataque cardíaco devido a produtos para crescimento muscular (vulgos anabolizantes) que estaria utilizando (em qantidades maiores do que a recomendada) :poked: .

      Caso seja realmente confirmado essa causa de morte, é de se lamentar tanto esforço e dedicação, para acabar assim :bangwall:

      Um detalhe que me recordei de quando estive em Québec e que também tem a ver com o que o Carlos Santos mencionou num tópico sobre a validade dos alimentos industrializados no Québec, é que no caso das substâncias para uso esportivo (queimadores de gorduras, aceleradores metabólicos, suplementos proteícos, etc) não há restrições quanto à venda. Isso significa que há no mercado muitos produtos, com uma grande diversidade de concentração das substâncias realmente ativas. Eu mesmo verifiquei que em alguns produtos, no rótulo consta a presença de substâncias que são proibidas em competições esportivas :poked: .

      Uma sugestão minha, para quem estiver pensando em imigrar sozinho, é buscar um lugar onde possa dividir o espaço com alguém, pelo menos numa fase inicial de adaptação, para auxiliar na questão da segurança pessoal no que diz respeito a ter uma “cobertura” em caso de incidentes e não relacionada à violência externa. Eu mesmo tive um episódio desagradável, onde lesionei o meu joelho e, estando hospedado na casa de alguém, poderia ter contdo com o apoio para deslocamento (carona), não tendo utilizado porque conseguia me locomover de ônibus mesmo, na época do episódio. O exemplo clássico é aquele da pessoa que escorrega no piso molhado e bate a cabeça: se tiver alguém por perto, a probabilidade de sobreviver é maior :bigups:

    • #39480
      mrodolfo
      Participante

      FCelso,

      Se for esse mesmo o motivo é uma grande tristeza… Que a família encontre conforto.

    • #39500
      Carlos_Santos
      Participante

      nao achei nenhuma informacao oficial ou nao para aqui postar!

    • #39504
      FCelso
      Participante

      Boas Carlos,

      Acredito que nada tenha sido divulgado na imprensa local porque a investigação oficial não chegou a nada conclusivo e também porque não devem querer fazer um alarde sem necessidade.

Visualizando 6 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.