Estudar frances na Guiana Francesa

Home Fórum Informações Gerais Língua Francesa Estudar frances na Guiana Francesa

  • Este tópico contém 18 respostas, 8 vozes e foi atualizado pela última vez 17 anos atrás por otto.
Visualizando 18 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #4802
      Seiitiro
      Participante

      É possivel e/ou interessante estudar frances na Guiana Francesa?

      Alguem já pensou nesta hipótese?
      A relação custo-beneficio valeria a pena? Pois teoricamente seria uma imersão total no idioma, e provavelmente com um custo menor que estudar no Quebec ou na França.

      []’s
      Paulo

    • #16390
      Diogo
      Participante

      o sotaque é que deve ser jóia…  o do quebec já é bem diferente do da França… imagina o da guiana… rs

      só pra ter noção de como são essas coisas…  estive em um curso com um instrutor brasileiro, um americano e um australiano…
      todos 3 falavam inglês, inclusive o brasileiro…
      porém, eu quase não entendia o australiano…
      depois fiquei tranquilo, pois soube que nem o brasileiro e as vezes nem o americano o entendiam… rsrs

      mas…  depois do primeiro dia já conseguia equalizar um pouco e compreender o cara…

      uma coisa que podes fazer pra avaliar isso é ouvir alguma rádio de lá… pra ver se vale a pena…
      quanto ao custo, só pesquisando mesmo…
      boa sorte,
      db

    • #16391
      Seiitiro
      Participante

      Hehehe.

      O sotaque deve ser um problema mesmo.

      Fico imaginando se for algo entre o ingles americado e o ingles jamaicano.  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:

      Vou procurar mais informações e posto aqui o que conseguir descobrir.

      []’s

    • #16392
      Diogo
      Participante

      ok…

      mas a idéia é boa…

    • #16393
      lfantoniosi
      Participante

      Olha isso eu não sei não, nunca nada se comenta sobre esta ex-colônia.

      Posso estar sendo ignorante, mas pelo que sei:

      – Fica em plena selva amazônica
      – Ainda é um departamento Francês
      – Tudo em Euro$
      – Custo de vida alto (pois tudo vem da França, não se fabrica nada como toda colônia francesa)
      – Forte sotaque (nem francês entende)
      – Lá vivem Ameríndios, engenheiros do Centro Espacial Guyanais e brasileiros expatriados

      Na boa, eu acho mais fácil vc achar malária lá do que um curso de français.  :roll:

    • #16406
      Carlos_Santos
      Participante

      lfantoniosi

      @lfantoniosi”;p=”8751 wrote:

      sobre esta ex-colônia…..- Ainda é um departamento Francês

      eu ja ia corrigir o “ex-colônia” mas depois vi que vc colocou que é uma departamento francês  :lol:  :lol:  :lol:

      quem nasce la é francês tanto quanto quem nasce em Paris….

      Coisas de pais colonizador…. :wink:

    • #16408
      lfantoniosi
      Participante

      Pra falar que eu nunca vi notícia sobre a guiana, uma vez eu li no estadao que os indios recebem pensao do governo e torram em cachaça. Pelo menos lá eles recebem pensão em euro…

      Ah, e também quando tem lançamento de foguete europeu.

    • #16427
      chrisazevedo
      Participante

      Já que o problema é distânica tem as ilhas de Saint Martin e Saint Barthelemy. Pelo menos lá deve ser bonito. É perto das Antilhas. Mas acho que é tudo em Euro e exportado da frança, também.

    • #16432
      Fabiocb
      Participante

      Olá Paulo,

      Nunca pensei nessa hipotese, mas não sei se a qualidade dos cursos são boas e se existem cursos próprios para imersão de estrangeiros, quanto ao custo de vida como dito tudo é em Euro sendo assim não deve ser barato e pior ainda deve ser o sotaque, acho que compensa gastar um pouco mais e ir diratamente para Quebec, provavelmente Montréal com pacotes fechados.

      Abraços

      Fábio

    • #16433
      Seiitiro
      Participante

      Hehehehehe.

      O mais interessante que não existe muita informação sobre a Guiana Francesa no Google.

      Realmente deve ser o maior “fumo”. :lol:  :lol:  :lol:  :lol:

      Obrigado a todos pelas opiniões.

      []’s
      Paulo

    • #16500
      Felipewise
      Participante

      Se bobear o voo pra Cayenne faz escala em Paris… kkkkkkkkkkkkkk

    • #16502
      Seiitiro
      Participante

      Felipe, só por curiosidade verifiquei a passagem pra lá e voce tem razão. O trecho mais simples é esse:
      :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:

      São Paulo(Guarulhos) Miami(MIA)
      Miami(MIA) Cayenne(CAY)

      Valor: R$ 6066,45
      Fonte: Submarino Viagens

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      :lol:  :lol:  :lol:  :lol:  :lol:

      Conclusão.

      Melhor E MAIS BARATO ir pro Quebec. :lol:  :lol:  :lol:  :lol:

    • #16503
      Carlos_Santos
      Participante

      que bom que no final, você mesmo conseguiu responder sua questão Paulo :wink:

      nada como compartilhar informação !

      atenciosamente

    • #16505
      otto
      Participante

      Ok.. Vamos aos devidos esclarecimentos:

      ” Fica em plena selva Amazônica ” : verdade.  Da mesma forma que a cidade do Rio de Janeiro tem a Floresta da Tijuca e, ainda assim, tem uma fronteira marítima.

      ” Ainda é um departamento Francês ” : verdade, além desse a França também tem as Ilhas Reunião ( na costa da África), a Martinica e Guadaloupe ( no Caribe).

      ” Tudo em Euro$” : verdade, produtos e serviços ( salários, aluguéis, alimentos… TUDO). Gasta-se em EUROS, pq ganha-se em EUROS.

      ” Custo de vida alto” : verdade, já que tudo o que é consumido e que vem da “METRÓPOLE” ( assim eles chamam Paris) tem a taxação do frete sobre o preço do produto final.

      ” Tudo vem da França” : Mentira, pois a maior parte das frutas ( polpa ou in natura) vêm do Brasil e outros países da América do Sul, sem falar na produção local, que é bem significante ( mamão, melão, banana, acerola, laranja, ramboutan, abacaxi, abriba, milho..). Peixes, frutos do mar (Nunca comi camarões tão grandes quanto os de lá…). Como toda colônia de exploração, o que se produz está relacionado aos produtos agrícolas e, atualmente, ao TURISMO.

      Forte sotaque (nem francês entende) : mentira, o francês de lá é tão diferente ( que impeça a compreensão) quanto o sotaque entre cariocas, paulistas, mineiros ou seja, NENHUM. Não posso esquecer de falar que, como a maioria é créole, eles preferem falar no seu dialeto, mas ligam a tecla SAP em fração de segundos quando estão conversando com pessoas que não sabem este dialeto).

      Lá vivem Ameríndios, engenheiros do Centro Espacial Guyanais e brasileiros expatriados ” : verdade, mas nem tanto!!! Esqueceram de acrescentar que os créoles ( descendentes de negros escravos africanos -60 %), FRANCESES ( 14%), Demais EUROPEUS ( destes, uma maioria portuguesa – 11.9%) e , por ÚLTIMO, asiáticos, brasileiros e minorias latinas (sendo que os brasileiros estão em segundo lugar nesta minoria – 14%).

      “Na boa, eu acho mais fácil vc achar malária lá do que um curso de français.” : como toda região onde a floresta domina, as doenças tropicais estão presentes, mas a DENGUE acomete muito mais indivíduos que a MALÁRIA e, em relação a isso, não ficamos atrás. Quanto aos cursos de Francês, eles existem sim, mas não são tão numerosos ou bem estruturados ( guardando as devidas proporções do tamanho e desenvovimento da capital da Guyana,  Cayenna).

      “O trecho mais em conta parte de Paris ou Miami”: mentira, pois a AirCaraïbes tem vôos regulares pra cidade de Bélem, com destino à Cayenne ( Guyana Francesa), Basse-Terre ( Guadaloupe) e Fort-de-France ( na Martinica). Nós, brasileiros, por nossa vez temos a TAF ( vejo o site , que faz Salvador, Recife, Fortaleza, São Luis, Belém, Manaus,  Macapá e CAYENNE, com várias saidas por semana e vôos bem concorridos e preços bem convidativos. ( Fortaleza – Cayenna –  Fortaleza : US$ 785), 3h se for direto e 5h se tiver escalas.

      Para ir até a Guyana  ( não esqueçam de pronunciar o “u” como em uva, já que se trata do nome de uma tribo indígena que deu nome ao território) Francesa, ao contrário de quem vai à Paris, é necessário ter visto concedido pela Embaixada da França.

      FONTE: Minha mesmo, recolhida nos 2 anos que trabalhei pro Instituto Pasteur (  nos D.O.M. = Département d’outre-mer” )

      Otto.

    • #16506
      Seiitiro
      Participante

      Otto.

      Muito Obrigado pelo seu esclarecimento. Infelizmente não encontramos muitas informações sobre a Guiana na internet.

      Pelo que entendí, uma imersão no frances seria quase impossível, pois o contato maior seria com o idioma creole e não com o frances. Estou certo?

      []’s
      Paulo

    • #16507
      Felipewise
      Participante

      Um mega dossier sobre a Guyana! Meus parabéns Otto!!

      Mas Paulo… de qualquer forma acho que se você puder ficar um tempo fora para estudar francês seria mais válido ir para o Québec mesmo, existem cursos com preços convidativos nas universidades!

      Sem falar que você já começa a pegar o sotaque Quebecois e impressiona o entrevistador!!

      Em Trois Rivières há um curso de imersão de 3 meses por menos de CAN 2mil na Université du Québec.

      Até em Montréal mesmo você encontra cursos que não ficam muito mais caros que a Aliança Francesa aqui no Brasil.

      No fritar dos Ovos você vai gastar mais o menos o mesmo tanto independentemente do destino (Se você escolher a Guyana eu entendo o seu espírito aventureiro)

      Alguns sites de cursos de francês:

      http://portuguese.studymontreal.com/admissions/intensive_fees.php
      http://www.geosmontreal.com
      http://www.friendsintheworld.com.br/
      http://www.sctoronto.com
      http://www.ilsc.ca
      http://www.alint.com/
      http://www.axion21.com
      http://www.clccanada.ca/en/programs/if/
      http://www.USherbrooke.ca/centredelangues
      http://www.uqtr.ca/

    • #16508
      lfantoniosi
      Participante

      O termo Metrópole é por conta do “francismo” que designa a parte da França européia, incluindo a ilha de córsega. Para os outros departamentos diz-se França ultramarinha ou France d’outre-mer.

      Ainda existe o termo França Continental, que é a parte francesa européia com a exceção da Córsega.

      Otto, pelo menos eu não estava tão mal informado assim da Guyana  Smile

    • #16509
      otto
      Participante

      Realmente, Paulo, as informações são difíceis de encontrar, embora sejam abundantes.

      Lá, o francês é falado em todo e qualquer lugar, pois é o idioma oficial.

      Se perguntares: Qual é o nome do Presidente? Vão te responder Chirac! As pessoas vivem e respiram como se a França não fosse tão longe ( é olha que é longa pacas!), pois a tv é a mesma, a France Telecom é quem faz a telefonia ( junto com a Orange), os cursos universitários que não existirem por lá, podem ser feitos em Paris ou em qualquer outro estabelecimento de ensino francês. Não esqueça que é um “domínio” ( que foi um nome bonitinho pra chamar a côlonia francesa na América do Sul que servia de prisão para os desafetos políticos da metrópole).

      Lembras do filme Papillon ( é velho mesmo!)?? Ele foi filmado lá, numa cidade que faz fronteira com o Suriname e que se chama Saint Laurent du Maroni ( mas também teve locações nas Ilhas de Salut, no comecinho do Caribe).

      Curso de imersão total seria muito bom mesmo, pois o valor da passagem aérea não é tão alto, mas o custo de vida é alto e o nosso minguado dinheiro não será suficiente…

      Tem bastante brasileiro por lá ( mas nada exorbitante).. muitos já estão há mais de 10..15…20 anos. Tem bastante gente que fala português mas que nasceu lá e só veio ao Brasil umas 2 vezes durante a vida toda! Existem gerações inteiras de brasileiros que têm filhos brasileiros… todos com dupla cidadania  alguns com a francesa somente).

      Morei em todos os DOM’s que citei acima, fora o tempo em Paris e Limoges e posso te dizer que, dentre os DOM’s, a Guyana é muito bonita devido ao contraste ( Montanha, Floresta, Praia, rio, campos, Base de Lançamento de Foguetes e de uma riqueza cultural e gastronômica ímpar)…

      Local muito interessante para conhecer e para investir, principalmente no setor de serviços, alimentação e divertimento…

      Otto.

    • #16511
      otto
      Participante

      Claro que não, lfantoniosi

      :D

Visualizando 18 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.