Re: Re: Voc

#20971
luciojunior
Participante

O Canadá é muito bom sim. Eu também reforço o coro daqueles que acham que aqui é ótimo, mas algumas coisas precisam ser analisadas pra ajudar melhor os que virao..
1. A maioria das pessoas que está fazendo alguma reflexao daqui do Canadá ainda nao tem tempo suficiente pra dizer algo com muito equilíbrio, já que tendemos a enxergar tudo com muito bons olhos neste início (INCLUINDO A MIM, QUE SÓ ESTOU A 3 MESES POR AQUI). Podemos dizer sim nossas primeiras impressoes, mas vale ressaltar que até o 1o ano por aqui vivemos a fase chamada “Lua de Mel”  e tendemos a ser bem otimistas em relaçao a quase tudo.
2. É um grande engano achar que os problemas que existem no Brasil sao inexistentes por aqui ou em qualquer outro lugar. Por aqui eles existem sim. O que nos conforta é que a incidência é muitíssima menor, mas que existem, existem. Por aqui a sociedade é mais justa? SIM, Mas nao é perfeita, existem suas injustiças. Há pre-conceitos? SIM! Há violência, roubo de casas, carros, estupros, assaltos??? SIM! Mas como já disse acima, a incidência é sem comparaçao às capitas do Brasil.
3. Se você tem uma vida difícil no Brasil você gostará muito mais daqui. Aqui você tbm terá uma vida difícil, nao se engane, mas colherá muito mais rápido os frutos do seu esforço do que no Brasil. Isso o confortará demais e vc se dará bem.
4. Se você tem uma vida bem confortável no Brasil e nao vem com $$$ pra manter a mesma vida, vc tenderá a achar um pouco mais difícil, já que no começo as coisas nao sao fáceis e por aqui vc nao é ninguém. Lembre-se: NO COMEÇO VOCÊ NAO É “NINGUÉM”. Isso parece fácil de se assimilar, mas é de um valor tremendo para aqueles que gozam de algum tipo de prestígio, reconhecimento, status, etc no Brasil.
5. O Brasil nao é o pior lugar da galáxia. Quando estamos pra imigrar, tendemos a fazer o inverso do que fazemos com o Canadá. Olhamos e exaltamos os pontos positivos do Canadá e só miramos nos pontos negativos do Brasil. Temos dificuldades sim, e sao muitas, mas é nosso país, nossa cultura, nosso povo e nao tem nenhum lugar do planeta que nos sentiremos tao em casa. Podemos nos acostumar muito bem com o Canadá e vivermos por aqui o resto de nossas vidas, mas talvez nunca nos sentiremos tao em casa como no Brasil. Isto, provavelmente, já nao aconteça com nossos filhos que nascerao aqui.
6. Há pessoas que se adaptam e outras que nao se adaptam a cultura canadense. Isto nao é questao de ser um bom ou mau país, é questao de adaptaçao. Isto parece ser uma coisa simples, mas é importantíssimo. Talvez você goste demais de viver de acordo com a cultura brasileira ou outra qualquer. Aqui é diferente demais do Brasil. Fazer amizades nao é tao simples entre outras coisas. Os Quebecois sao simpatissimos sim, mas daí a fazer amizades verdadeiras iguais fazemos no Brasil em 1 semana, é bem diferente.
7. Por último, e talvez o mais importante ponto é que o Québec está iniciando (está em plena ebuliçao) e vivendo sua 2a Revoluçao Tranquila (se vc nao sabe o que é, procure se informar, mas nao venha pra cá sem saber, fica a dica). A sociedade quebecois está se transformando novamente e muita, mas muita coisa mesmo mudará. Isto nos afeta diretamente, já que o que nos motivou a vir pra cá é o modelo de sociedade como é hoje. Confesso que há mais de 1 mês por aqui meu assunto predileto tem sido este. Tenho comprado as revistas que falam disto, aliás quase todas, acompanho diariamente durante horas os debates nos programas de tv`s e converso sobre isso com todos quebecois que tenho oportunidade. A sociedade tao aberta que conhecemos, gostamos e que nos atraiu vai mudar muito, e deve se transformar numa sociedade bem mais conservadora. (ESTE É O MEU PONTO DE VISTA BASEADO NO QUE FALEI ACIMA). Os imigrantes continuarao a chegar em milhares sim, mas terao que se enquadrar no “modelo quebecois” de ser. Sei que tem muitos homossexuais do mundo todo que tem vindo pra cá fazer morada, por causa das grandes conquistas que conseguiram por aqui. Inclusive tem um bairro só deles com bandeira de seu movimento pra tudo quanto é lado. Chega a ser até um ponto turísito da cidade. Mas muita discussao sobre isto vem acontecendo também. Se esse é o interesse de alguns fica a dica, e claro procure se informar.
Poxa, escrevi demais. O que era pra ser só uma dica acabou virando quase um livro, hehehe.
Tentei dar um pouco de equilíbrio neste fórum. Embora eu esteja amando o Québec e estar convicto de que dei um passo certo ao vir pra cá, nao acho que este caminho seja o melhor pra todo mundo.
Mas como falei no primeiro ponto, também nao tenho, ainda, experiência suficiente pra falar sobre isto, só estou aqui há 3 meses.
Abs,
Lúcio
Montréal Plus