Re: mais quest

#8805
Carlos_Santos
Participante

Caro Claudio,

estava lendo os posts de seu blog quando recebi a mensagem avisando que alguém tinha respondido a minha mensagem aqui no forum.

ok!

Obrigado pelas respostas, seguem outras de igual teor….

As liquidações anuais na França, “Les SOLDES”, era quando eu podia “renovar” muitas coisas da família, principalmente por conta do consumo das crianças na escola (tenis, roupas, etc..).

Na França tais liquidações são regulamentadas pela prefeitura do departamento que diz o dia que começa e o dia que termina, normalmente durando seis semanas, existindo regras para os lojistas respeitarem ….

A de invernno acontece sempre em fevereiro e a de verão, não me lembro mais….

Aí elas acontecem desta mesma forma também ? e vc se lembra quando acontecem ?

Produtos do Brasil, como feijão, mamão papaya, guaraná refrigerante, eu comprava em casas de produtos exóticos na França. Segundo Sr. Paquette existem aí para serem comprados, é isso mesmo? eles são facilmente achados ou é necessário procurar por lojas de brasileiros como em NY ou de portugueses como na França. Custam bem mais caros por serem produtos importados?

Me lembro que comprava um bom café (em pó) na França, apesar do pais nao ser produtor e nem por isso mais caro. Eles gostavam de classificar os cafés segundo o tipo de plantação ou grão, não me lembro exatamente, arábica e o moulu, senão me engano. Encontra-se boas opções para se comprar otawa? Como se passa por aí?

Os produtos derivados de leite eram a festa das crianças e a nossa em particular, uma vez que os iogurtes são encorpados e com pedaços de fruta e tem potes de 12 ou 16, na versão família Feliz Feliz . Sem contar que país agrícola, a França tinha muita oferta de frutas na estação, o que me lembro que é caro por lá é comprar carne. O pessoal que adora churrasco lá penava ($$$) para fazer um. o curioso é que eu comprava camarão do Brasil e era o mais barato. E vocês ai como fica a alimentação em relação a oferta destes produtos (iogurtes, frutas, carne, etc..)

Sobre Vistoria de carro. Na França eu tinha um carro de 10 anos e tinha 167.000 km quando eu comprei por 3000 euros. Mas estava impecável! rodei uns 45.000 km e ainda estava inteiro. Porém de dois em dois anos vc é obrigado a passar por uma vistoria geral e se tem um problema mecanico (amortecedor, emissão de fumaça, etc..) vc tem um curto período para consertar e voltar, senão vc não recebe o documento de circulação do carro e também é proibido de rodar sem ele. Vendi o meu carro com 205000 km. O governo do Canada não verifica o estado geral dos veículos que circulam , como lataria, iluminação, como faróis, estado do escapamento, estado dos pneus, emissão de gases, placa, etc… ?

Desculpe outra enxurrada de questões, mas assim fica registrado para o forum também.

Obrigado pelas respostas anteriores.

Atenciosamente,

Carlos Luiz.