Re: Re: Relatos entrevistas Recife 2008

#28622
Riva
Participante

Pessoal,

Vou compartilhar nossa experiência, que foi bem atípica. Eu, requerente principal, administradora, 25 anos, 190hs de francês, inglês intermediário. Ricardo, contador, conjûge, 37 anos, 190hs de francês, inglês básico.

Envio do dossiê ao BA – 04/12/07
Entrevista – 25/04/08

Ficamos hospedados no memo hotel da entrevista, p/ evitar trânsito e nervosismo. Chegamos na sala de imigração às 11:10hs, e a nossa entrevista era 12:00, e quando empurramos a porta tinha um casal fazendo entrevista, saimos rapidamente e fomos em direção ao elevador, quando de repente o entrevistador Monsieur Le Blanc, veio em nossa direção nos cumprimentou e pediu para ficarmos na ante-sala no térreo do hotel, que 12:00hs nos atenderia. Até aí tudo bem. Quando deu 12:00 em ponto, ele desceu com o casal que estava fazendo entrevista pelo elevador para ir nos chamar no térreo. Foi sempre cordial. Ao sentarmos para fazer a entrevista ele começou a conferir toda documentação e a se direcionar primeiramente para meu marido ao fazer as perguntas, como se ele fosse o requerente principal. Eu esperava que eu responderia a maioria. Quando ele perguntou para meu marido qual o seu projeto de vida no Canadá, meu marido se deu conta que ele estava sendo o requerente principal e ficou supernervoso. Até em inglês me marido falou, qual era o projeto de vida. Fiquei super nervosa tb porque eu havia me preparado muito mais do que meu marido. Ajudei meu marido quando ele não compreendia ou lhe faltava palavras. Monsieur Le Blanc foi bem enfático no mercado de trabalho e aí nesta hora falei tudo que havia planejado. Meu marido em seguida explicou o dele. Mas, para finalizar o meu marido foi o Requerente Principal. Acho que isto já partiu desde o escritório que emitiu a convocação para ele e só emitiu e-mail a ele. Mas, graças à Deus tudo deu certo. Nous sommes acceptés.. Paramos para refletir e acho que pelo fato de a área de Contabilidade, área que meu marido tem formação ser muito requisitada atualmente e conta ponto no processo seletivo, ele já vai fazer 9 anos de trabalho como gerente administrativo de vendas e financeiro, isto ajudou bastante e fez com que ele fosse o ALVO da entrevista. Confesso que ficamos muito nervosos pois esperávamos que fosse de uma forma e a entrevista foi conduzida de outra e que tiramos uma lição, independente da posição que vc se encontra, esteja sempre preparado p/ tudo na vida.
É isto galera. Obrigada por tudo, pois a comunidade tem contribuido muito no nosso processo.
Vamos para a parte federal.

Abçs cheios de fé e esperança,

Polyanna e Ricardo