Re: Re: Elei

#14928
Erasmo
Participante

Bom,

Peguei o bonde andando e não gosto muito de discutir política, embora isso seja um erro e aqui não é o melhor lugar… mas aí vão meus “2 cents”: :wink:

– acompanhar os acontecimentos de uma região, província, país, região é muito válido…ainda mais em nossa situação. Mas acredito que só terei uma posição quando estiver vivenciando estes acontecimentos, ou seja, in situ… 8O
– se é a primeira vez em 100 que haverá um governo minoritário e um congresso dividido, isto serve para comprovar que o mundo e as opiniões estão cada vez mais divididos, e discussão e tolerância, cada vez mais necessárias. Não dá mais para governar sozinho…
– acho (particularmente) um erro qualquer comparação com a “Alemanha de Hitler”, pois o Führer, em um momento caótico onde se comprava um pão com um carrinho de pedreiro cheio de Deutsche Marks, usou um antigo fervor nacionalista para iludir uma nação que quase já não era nação… o que não o caso de Québec… eu ficaria mais preocupado se o Governo de Québec tomasse atitudes à la Chaves ou Morales… estes sim pregam um ultra-nacionalismo estúpido… mas como não estou in situ… :x
– penso que os guetos culturais são formados, talvez, mais por imposição do lugar do que pelas pessoas que os formam… como conviver em sociedade quando não lhe toleram? Mudar? Isso pode ser um mecanismo de defesa e não de contenção.
– este tipo de citação aos muçulmanos, hindus, evangélicos, católicos etc. fere do mesmo jeito que a visão que o mundo tem do Brasil… carnaval, samba, mulher popozuda, macacos nas ruas, somos todos índios. :?
– costumes e tradições vão muito além do que achamos que sabemos ou julgamos compreender… são verdadeiros patrimônios, às vezes valorizados apenas por quem os compreende… ou será que sou louco em crer que aquele alemão eleito por homens é o Sucessor de São Pedro? :lol:
– não demos Graças a Deus por que não conviveremos com certa cultura diferente da nossa… demos Graças a Deus porque temos uma mente evoluída voltada para a tolerância, serenidade e a fraternidade. E que Ele nos conceda a Serenidade necessária para aceitar tudo que não podemos mudar… Coragem para mudar as coisas que podemos mudar… Sabedoria para distinguirmos umas das outras.

Abraços a todos!