Re: Re: CSQ – Tambem consegui o meu !

#19650
LucasLacerda
Participante

Oi pessoal,

Primeiramente, parabéns a todos que já conseguiram o CSQ.
Fiz minha entrevista na última sexta-feira, dia 10 de agosto. Bom, eu nunca postei nada aqui na comunidade, mas me sinto na obrigação de fazê-lo por causa das impressões sobre o M. Carl Teixeira. Minha entrevista foi exatamente às 11:00. Ele me pediu, de acordo com o dossie, todos os documentos já conhecidos.

Ele realmente pede o imposto de renda e carteira de trabalho. Como não tenho carteira de trabalho, ele aceitou um contrato de estágio. Sobre o imposto de renda, eu apresentei uma certidão negativa de imposto. Para quem não sabe onde encontrar é só entrar em http://www.pgfn.fazenda.gov.br, clicar em serviços, certidão conjunta, pessoa física ou jurídica e dar o CPF. Essa declaração foi satisfatória.

Ele também fez a famosa pergunta em inglês: por que se mudar para o Quebec? E eu respondi em inglês (meio mal falado) que eu gostaria muito de trabalhar na minha área. Não falei de qualidade de vida, nem de segurança. A imigração do Quebec quer pessoas para trabalhar e, portanto, ela espera de todos nós que queiramos trabalhar. Daí falei que havia um instituto em Montréal que cuidava das questões da minha profissão e que ela estava em pleno desenvolvimento no Quebec. Duas coisas me ajudaram muito nessa hora. A primeira é o fato da minha profissão ser de demanda. Eu sou Designer e no Canadá o design não é regulamentado, portanto, será mais fácil conseguir um emprego. Não precisarei validar diploma. A segunda foi uma viagem que fiz a Montreal, em março desse ano. Conheci bastante coisa sobre a cidade e o mercado de trabalho. A verdade é que Carl Teixeira já conhecia todos os programas dos quais falei e me disse que eu não teria muitos problemas com emprego.

Ele perguntou se eu tinha portifólio. Entreguei a ele meus trabalhos e ele olhou rapidamente a maioria e deu atenção a outros que o interessavam mais. Fez algumas correções no francês escrito no portifólio e eu agradeci, é claro. Daí o clima ficou um pouco mais descontraído. Nesse momento, ele disse que toda a minha documentação e pesquisa eram satisfatórias e que provavelmente eu já estava aprovado. Disse que eu sou francófono, com nível intermediário autônomo, ou seja, não tenho problemas em me comunicar. Antes de fazer o cálculo das pontuações ele me pediu o contrato de autonomia financeira.
Disse que as minha intenções eram boas, que eu tinha um objetivo claro e tudo mais. Alívio! Ele começou a imprimir o CSQ e me passou instruções sobre a próxima etapa. Nesse momento eu já não prestava mais atenção. Só queria ir embora.

Pessoal, fiquem tranqüilos! Carl Teixeira não assusta. Ele só é bastante sério e direto, objetivo. A entrevista é tranqüila e rápida. Eles não querem desclassificar ninguém, pelo contrário. A entrevista serve simplesmente para conferir a documentação enviada e saber a intenção real do candidato.

Espero ter contribuído.
Abraço a todos e sucesso no processo!

Lucas
lucaslacerda@terra.com.br