Re: Re: Como comprovar o n

#14531
yuri
Participante

@lfantoniosi”;p=”6688 wrote:

Eu não acho que seja assim também, só porque você sabe mais inglês que francês vc pode ser desqualificado.
.

Olá Ifantoniosi!

Não fui isso que quis dizer. Acredito que boa parte dos brasileiros que aplicam ao processo de imigração tem um conhecimento no mínimo razoável de inglês. E muitos tem conhecimento avançado e fluente. Isto porque vivemos num país em que para boa parte das profissões somos praticamentes obrigados a ter conhecimentos bem consideráveis da língua inglesa. E com exceção a nós, uma parcela minúscula da população estuda francês por motivos pessoais e raramente profissionais. E acredito que as pessoas do consulado sabem de tudo isso! Então eles devem compreender que muitos conhecem o inglês muito melhor que o françês. O que na minha opinião não deve ser feito é você ficar querendo falar mais inglês do que  francês na entrevista, por exemplo. Coisas do tipo, entendeu? E fico imaginando o cara do consulado recebendo uma prova de 30000 horas de inglês e outra 200 de francês. O que ele pode pensar? É lógico que você não vai deixar de ser chamado para entrevista por isso. Mas se o cara deixa o entrevistador já avisado que você pode estar querendo dar o golpe e mesmo você tendo o sonho de morar em Quebec(meu caso! rs) você sem querer dar a entender que pode ir pra Toronto por exemplo. E ae? Sacou a minha preocupação? Imagino que você já deve ter participado de entrevistas de emprego. Olha um exemplo que ocorreu comigo: no final da entrevista o entrevistador me perguntou se eu queria o emprego.  Disse: “Acredito que será ótimo por isso e aquilo e…. porque é perto de casa.” Meu, o filho da mãe ficou contando por meia hora uma história de um cara que não quis ser promovido por ter que ser transferido para um lugar longe da casa dele. O cara associou o que disse com um caso nada haver. Ou seja, estava super afim do emprego. E toparia mesmo se fosse longe. Mas o cara cismou com isso! Tentei me explicar mas acho que não o convenci. Mas olha, o que tô dizendo é pura achismo meu. Não me basiei em nenhum fato. Em absolutamente nada de concreto. Apenas suposições da minha mente detalhista. Rs! E outra: se você for morar em Montreal,por exemplo, e mostar que você estudou bem a cidade, o entrevistador nem deve pensar que você quer ir para a parte inglesa mesmo com 30000 hs de inglês. Rs! Ora, se você perdeu dias estudando algo é meio óbvio que não foi por acaso. Bom, fiquem a vontade para discordar de qualquer coisa que eu tenha dito.

@lfantoniosi”;p=”6688 wrote:

Se mentir para mais é um ponto negativo no DCS, mentir para menos também considero negativo.

Concordo. E mesmo porque seria meio ridículo errar o inglês de propósito na entrevista, por exemplo. Nenhum tipo de mentira deve ser dita.