Re: Re: Apenas uma reflex

#40271
familiamonticello
Participante

Oi pessoal..

Estou acompanhando esse post desde o início e farei o enésimo comentário positivo sobre como todos que aqui escreveram foram sensatos…

A discussão de idéias está ótima.. Adorei a discussão :discuss: entre o Sandro e o Cabeda…

Mas tem uma coisa que não foi percebida:
O blog que comentou sobre os “brazucas desonestos” não levou em consideração a realidade da família que buscou a cesta… baseou-se somente no bairro em que eles escolheram pra morar e na formação da pessoa do brasil.. a partir disso, dedicou 4 posts do blog a satirizá-los, criticá-los e taxá-los de desonestos e ladrões…

Essa questão é no MÍNIMO injusta…
Eu conheço a família que foi pegar a cesta e sei que eles não foram “para luxar”.. mas para que suas poucas economias não se esvaiam em poucos meses..

Temos que considerar que não são todos os brasileiros que estão indo para o Canadá que vão com uma gorda poupança… não por incompetência ou falta de planejamento, mas pelo simples fato de realmente não terem como juntar mais do que juntaram e não saberem quando conseguirão emprego..

Logo eles estarão empregados e não precisarão mais.. as histórias tem vários lados…
Não podemos considerar que só porque a pessoa é brasileira e vai pedir a cesta ela é desonesta, ladra ou está querendo ser “esperta”..

E também uma coisa muito importante… um brasileiro, para ir receber a cesta (depois de ter passado pelo crivo da própria ONG) e quer escrever sobre o assunto para os outros brasileiros que, caso necessitem, utilizem o serviço, precisa antes escrever um “manifesto” à nação brasileira provando que não é mal-caráter e precisa ir pegar a cesta???
Fico com a idéia maluca que a mesma pessoa que criticou(não as daqui do forum) e fez sátira iria ficar pensando: “se ainda não está na rua, morando em abrigo do governo e mendigando.. não tem direito.. é “mais um” brasileiro desonesto…

Acho que esse assunto é muito importante e deve ser debatido.. mas apontar para alguém, dizendo que “Aquele” é um pilantra, não apenas é agressivo e desrespeitoso como abre espaço para um processo por danos morais.

Um abraço e espeço ter contribuido de alguma forma…